Cama & Mesa: conheça o premiado e concorrido Victoria & Albert’s, o melhor restaurante da Disney

Serviço de caviar – Reprodução do site

Para muitos, o melhor restaurante entre os que funcionam nos complexos dos parques da Disney é o Victoria & Albert’s. Esse ano a cozinha recebeu dois prêmios importantes no mundo da gastronomia nos EUA: foi nomeado com o AAA Five Dimond Award pelo 18º ano consecutivo. E, pela primeira vez na historia, recebeu o cobiçado prêmio do Guia de viagem da Forbes como restaurante 5 estrelas. Além de tudo, é sempre bem cotado no Zagat. Não é mole.

O chef executivo Scott Hunnel – Reprodução do site

Só existem 68 restaurantes com o AAA Five Dimond Award e 64 com o prêmio da Forbes na America do Norte, e o Victoria & Albert’s é o único da Flórida a ter ambos. Ou seja, não seria exagero dizer que é o melhor restaurante do estado, o que não é pouca coisa. E está dentro da Disney. Pois é. Ainda há quem ache que se come mal em Orlando. Como escreveu Washington Olivetto, batizando o seu ótimos livro de memórias de viagens gastronômicas: “Só os Patetas Jantam Mal na Disney”.

Os salões elegantes – Reprodução do site

O Victoria & Albert’s é um lugar formal, que não só exige reserva, como também terno e gravata, e proíbe a presença de crianças menores de 10 anos. Não é fácil conseguir reservas, e elas logo se esgotam, por isso indicam que se deve tentar um lugar 180 dias antes da viagem. Já senti na pele, e tentei uma reserva por pelo menos cinco vezes, e aí incluo minha última viagem, e nunca consegui.

Prato de Kobe Beef australiano – Reprodução do site

Vencidas essas barreiras, o cardápio que varia sempre de acordo com os produtos mais frescos da estação, e parece compensar todo o esforço (e investimento: o jantar, com bebida, custa pelo menos US$ 250 por pessoa). São seis pratos, harmonizados com vinhos diferentes.

A mesa do chef – Foto de divulgação

Para uma experiência gastronômica ainda mais interessante, tente reservar (com antecedência) a “Chef’s table”, uma mesa instalada na cozinha, que permite acompanhar a preparação dos pratos. No comando, o chef Scott Hunnel trabalha com uma equipe de primeira. Pilotando o serviço no salão, seu conterrâneo Israel Pérez, experiente maître e sommelier. Merece destaque, ainda, a chef patissier Kristine Farme, craque nos pães e doces.

A preciosa adega – Reprodução do site

Na adega repousam mais de 4 mil garrafas de vinhos, e a carta lista mais de 600 rótulos, incluindo os grandes do mundo, e uma seleção de clássicos americanos.

Na foto do alto o “Galilee Osetra Caviar with Traditional Garnishes”, que pode ser incluído no menu degustação (US$ 235), por módicos US$ 110 (meia onça) ou US$ 210 (uma onça). Em tempo: uma onça pesa 28,3 gramas. Harmonização de vinhos? US$ 150, para oito ou nove taças.

O Dining Room, salão principal do restaurante – Reprodução do site

O V&A fica no Disney’s Grand Floridian Resort & Spa, um dos melhores do complexo. Todos os outros hotéis desta categoria (os chamados deluxe, com diárias a partir de US$ 240) apresentam pelo menos um restaurante de alto nível, como o California Grill (no Contemporary Resort), especializado em carnes e sushis, e o Jiko (no Animal’s Kigdom Lodge). Reservar é sempre recomendável, mas esses dois ótimos endereços que vivem lotados apresentam uma boa alternativa: o balcão do bar, cujos assentos não podem ser reservados e é grande a chance de se conseguir um lugar. Foi assim que jantei no California Grill, um dos melhores lugares para se ver a queima de fogos do Magic Kingdom. A refeição começou com uma salada de camarões crocantes e terminou num suculento filé de bisão com risoto de milho, cogumelos e um molho de cereja espetacular. A seleção de vinhos também é das melhores.

SERVIÇO
Victoria & Albert’s: Disney’s Grand Floridian Resort & Spa. Tel. 407-WDW-DVNA (939-3862) www.victoria-alberts.com

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *