Cerveja de Bandeja: Black Princess FemAle, uma golden strong ale literalmente feminina (e feminista)

A cerveja foi lançada em novembro e faz parte da linha especial da marca – Foto de divulgação / Duda Dusi®

A Black Princess FemAle não tem apenas um nome excelente, porque foi feita inteiramente por mulheres, da brassagem ao envase, inclusive o bonito rótulo.  Essa Strong Golden Ale também tem conteúdo: acaba de ganhar a medalha de ouro  na Brasil Beer Cup, realizada em Florianópolis, de 21 a 24 de novembro.

Organizado pelo Science of Beer Institute, o concurso deste ano contou com a participação de 270 cervejarias da América Latina, que apresentaram 1.216 cervejas de 157 estilos diferentes.

Além de forma e conteúdo, a FemAle também tem bons propósitos. Toda a renda obtida com a venda do primeiro lote do rótulo será revertida para a ONG Tamo Juntas, organização social composta por mulheres que prestam assessoria multidisciplinar (jurídica, psicológica, social e pedagógica) gratuita para mulheres em situação de violência (www.tamojuntas.org.br).

A receita da FemAle, de escola belga, foi desenvolvida tendo à frente duas mestres-cervejeiras do grupo Petrópolis: Keilane Poltronieri e Liane Bemme.

A ilustradora Tami Lemos desenhou o rótulo – Foto de divulgação / Duda Dusi®Blac

Todas as mulheres do time da marca Black Princess estiveram à frente do projeto, desde a concepção. O rótulo foi desenhado pela ilustradora Tami Lemos, criadora do movimento Crie como uma Garota, e traz referências à força feminina, ao empoderamento e ao combate à violência contra a mulher. O número 180 do disque denúncia contra a violência feminina também está em evidência no rótulo.

Também participaram do desenvolvimento desse rótulo as cervejeiras Elizabeth Bogenia e Fidelcina Moreira, duas trainees da área Industrial, Bruna de Mello Tristão e Nathália Santos de Assis e a Especialista Sensorial e Sommelier Ana Paula Nicolino.

Fora isso, Eliana Cassandre é a diretora de Marketing da Black Princess e do Grupo Petrópolis.

Como uma boa Strong Golden Ale, a Black Princess FemAle é uma cerveja complexa e delicada, dourada como o ouro, forte e coberta por uma espuma branca e cremosa. Os compostos produzidos pela levedura de alta fermentação remetem a frutas e especiarias, que se misturam às notas dos maltes. O lúpulo em flor contribui com delicado aroma floral e sabor condimentado.

No paladar é uma cerveja potente, mas ao mesmo tempo equilibrada. O teor alcoólico de 7,4%, e o amargor de 36 IBU estão muito bem balanceados à intensidade de aroma, sabor e carbonatação. A temperatura ideal para ser servida é entre 6 e 8°C, no copo Globet.

Para harmonizar, a Black Princess FemAle combina bem com frutos do mar – caranguejo, lula, lagosta, camarão e bacalhau, além de truta e salmão com alcaparras ou com molho de maracujá. Queijos como canastra, gruyère, gouda, parmesão/pecorino e roquefort caem muito bem acompanhados pela FemAle. Comida tailandesa e massas com molho pesto ou vermelho também harmonizam muito bem com a bebida.

E como o fim do ano se aproxima, as comidas das festas natalinas fazem um match perfeito com a FemAle: paellas, assados de peru, pato e chester, vitela, panetone, cheesecake de damasco, chocolate branco e torta de cerejas.

A Black Princess FemAle  está sendo comercializada em long necks desde novembro, no site Bom de Beer, e-commerce do grupo, e na Black Princess House (www.blackprincesshouse.com.br), em São Paulo.

O lançamento da FemAle também aproximou a marca do Festival Feira Preta, conhecido como um dos principais e maiores eventos de cultura negra da América Latina, que está completando 20 anos este mês.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.