Vinho da Semana: Viu Manent Malbec, um chileno que desbanca muito argentino de grife

O vinho, produzido no Vale de Colchagua: por R$ 290 no site da Asa Gourmet, a importadora – Foto de Bruno Agostini®
Pioneira no cultivo da Malbec no Chile, esta vinícola se mantém tranquila como a principal referência desta uva no país. Estamos falando da Viu Manent, que confirmou para mim esta condição há alguns dias, em degustação no Cipriani, no Copacabana Palace.
Numa bateria com nove vinhos de alta gama de três vinícolas compatriotas, também participaram a Santa Ema e a Perez Cruz, o grande destaque em minha opinião, e de respeitável vizinho de mesa, o Danilo, da vizinha churrascaria Palace, foi este Malbec Single Vineyard 2018 da Viu Manent.
Excelente vinho, e mais do que isso, melhor e mais elegante do que quase todos os seus pares produzidos na Argentina. Não deixa de ser opulento, espesso e concentrado, mas me remeteu aos aspectos mais delicados e selvagens que encontramos na região de Cahors, na França, berço da Malbec.
Sem perder seu caráter sul-americano, raçudo, cheio de fruta, com notas bem presentes de violetas e de ameixas secas, mostra leveza e frescor, algo bem terroso que me lembra alguns bons exemplares de Cabernet Franc.
Complexo, mostra notas de frutas secas, além de ameixa notei algo de figo, mas também das frescas, como amoras e mirtilos. A madeira não se mostra excessiva. O vinho passou 14 meses maturando antes de ser engarrafado: 61% em barris de carvalho francês (15% novos), 21% em foudres de carvalho francês sem tostar, 15% em ovos de concreto, 3% em ânforas de argila.
Essa complexidade do processo se mostra no vinho, com amplitude de aromas, com notas de especiarias que começam a se mostrar, com um toque de alcaçuz e caixa de charuto.
Com boa acidez e notável frescor, o vinho apresenta bem dosados 13,5% de álcool. Acho um vinho muito bom para a comida. E fico só pensando em como, com seu perfil elegante, esse vinho seria um dos mais perfeitos para um bom churrasco. Não vai atropelar aquele seu galetinho esperto. Vai curtir uma linguicinha, ainda mais das defumadas e apimentadas. Nasceu para as carnes, e pode ir do javali e do pato até as mais untuosas costelas e cupins, e ainda french rack e paleta de cordeiro. Mas com um ojo de bife, uma boa picanha e uma suculenta prime rib… aí, é covardia.
Quem importa é a Asa Gourmet, e o vinho pode ser encontrado por R$ 290 em seu site (preço checado em 20/12/21). A loja fica na Rua Visconde de Pirajá 82, loja 106, Ipanema. Tel.: 3151-9045 e (21) 96644-9008 (WhatsApp). www.asagourmet.com.br
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.