Vinho da (próxima) Semana: Apaixonado Rosé – uma garrafa que é uma declaração de amor, para o Dia dos namorados

O vinho, do Douro: perfeito para a data – Foto de Bruno Agostini

Dependendo do nome, é possível aproveitar datas como Dia dos Namorados, Natal ou aniversário para dar uma garrafa de presente com o nome gravado no rótulo. Tem Manoella, um tinto português, batizado com esse nome feminino; Mariana, da Herdade do Rocim; Emília, da argentina Nieto Senetiner; Laura, um tinto do Douro, da Casa Amarela; e outra Laura, um Moscatel de Jerez; Talise, delicioso espumante da Vallontano, Maria, Maria, uma linha mineira de vinhos… Se a gente continuasse fuçando a memória e consultando tio Google, essa lista de rótulos com nomes femininos talvez passasse da centena, afinal, batizar vinhos com nomes de pessoas é uma corriqueira forma de homenagem.  Também há denominações, como Monica di Sardegna.

Não conheço qualquer vinho chamado Bruno, mas aceito um Brunello de presente de bom grado (inclusive, um outro amigo no mundo do vinho me chama assim, vez ou outra). Mas também não faltam exemplos de vinhos com nomes masculinos: Pedro, da Zanella; Roberto, um Sangiovese da Villaggio Bassetti; e Armando, Tannat da Peterlongo, três exemplares brasileiros.

Também dá para dar uma brincada com o (a) parceiro(a), com rótulos lusitanos de nome irreverente (para nós, brasileiros): Pinto, Periquita, Vadio, Rapariga, Chão das Rolas ,Monte dos Cabaços… Fora o sugestivo Pouca Rouca… E a Quinta da Pellada… E o Sexy.

Porém, um genérico que atende a todos os nomes – e gostos – é o duriense Apaixonado, na verdade uma linha com diferentes rótulos, produzidos pela vinícola Ávidos Douro, cujos vinhos são bem bons. Eles se intitulam “A vinícola dos apaixonados”.

No caso desta linha, Apaixonado pode ser branco, rosado, tinto ou tinto Reserva. O rosado talvez seja o mais romântico de todos, por sua delicadeza.

Além de tudo, é um vinho excelente para pratos afrodisíacos e picantes, da cozinha asiática, como tailandesa, vietnamita e indiana. O pan-asiático Moshio está fazendo entregas nesses tempos de pandemia. Tem cardápios especial, para dois, na noite do dia 12. Vai ter tartare de mignon defumado, aioli e chips de cará; guioza de porco; pad thai de camarão e brownie de chocolate com caramelo salgado, com direito a garrafinha de 175 ml de saquê. O saquê parece ser pouco, e um Apaixonado Rosé não só vai ficar uma delícia com o menu como também vai ajudar a criar um clima. Fica a dica.

Abra o vinho, mas tenha cuidado. Como escreveu Shakespeare, em “Macbeth”:  “Ah, wine…it provokes the desire, but it takes away the performance.”

Apaixonado Rosé 2018: Vendido a R$ 149 (https://www.finewines.com.br/produto/apaixonado-rose-2018/) no site da Fine Wines (https://www.finewines.com.br/), que está entregando na Zona Sul, e tem lojas na Barra, Ipanema e Botafogo. Televendas: 21 2113-9933.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *