Alfaiataria de viagens gastronômicas: pequenos grupos, programas exclusivos e roteiros especiais sob medida

Cacho de Cariñena (ou seria Garnacha?) castigado pelo sol inclemente do Priorato, na Catalunha – Foto de Bruno Agostini

 

Faz um tempo, uma operadora de turismo me chamou para fazer um roteiro exclusivo, para Mendoza. Contatei vinícolas e potenciais parceiros, amarramos uma viagem bacana.
Mas aí… Descobri que o aeroporto de Mendoza estava em obras, e que teríamos que descer em San Juan.
Sugeri a mudança de data (terminariam as obras cerca de um mês depois), mas não fui atendido, e achei meio sem sentido a viagem mais longa na chegada e na saída (teríamos voos com escala, mais umas 2h30 de estrada). Quero conforto quando viajo, e exijo o mesmo para os clientes.

Mas e quel tal caçar e comer trufas, em novembro, no Piemonte? Foto de Bruno Agostini

Pois na semana passada encontrei um velho amigo, que não via há tempos. Sócio de uma agência de viagens, sugeriu que a gente montasse juntos roteiros para eles, tipo alfaiataria de serviços turísticos, além de levar pequenos grupos para regiões vinícolas e destinos gastronômicos. Achei que agora era a hora de voltar com esse projeto, que passa por minha cabeça há tempos. Consultoria de viagens enogastronômicas. Vamos nessa?

 

Arte e vinho: a sala de barricas (e concertos) da Salentein, no Vale de Uco, Mendoza: que tal uma apresentação exclusiva de tango na bodega. Sim, conseguimos – Foto de Bruno Agostini

Nossa viagem de estreia deverá ser para Mendoza. Mas ainda estamos avaliando. Quem sabe não vamos caçar trufas – e devorá-las – no Piemonte, no final do ano, época delas? Ou serpentear pelas estradas da Provence?

 

Vinhedo da Torres, no Priorato: a Catalunha profunda – Foto de Bruno Agostini

Inicialmente, pensei nesses roteiros.
– Mendoza (com Buenos Aires).
– Uruguai de Norte a Sul
– Toscana x Piemonte
– Sicília e Sardenha
– Borgonha x Bordeaux
– Califórnia e Oregon
– Bento Gonçalves e arredores
– Santiago com bate e volta ás vinícolas próximas
– Douro, Dão, Minho e Bairrada
– Catalunha

Vinhedo da Aurora em Pinto Bandeira, na Serra Gaúcha – Foto de Bruno Agostini

Quais desses você mais gostaria de fazer?
E que outros destinos sugere?

Mais informações, in box.

Vinhedo em Chablis, na Borgonha, no final de uma tarde de outono – Foto de Bruno Agostini

Quem tem interesse levanta a mão.

Agradeço comentários, compartilhamentos e- em breve – reservas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *