Veja mais

#TBT3: uma seleção com três enotecas imperdíveis em Roma

Uma observação, primeiro: este texto é de 2012, mas preferi manter o original. ————————————   Na sexta-feira passada…
Veja mais
Veja mais

Vinho da Semana: Lírica Crua – um dos melhores espumantes do Brasil é engarrafado com tampinha de metal, e isso é um bom sinal

“Mas o que que é isso? Vinho fechado com tampinha de refrigerante? Ah ah ah Bruno, essa crise…
Veja mais
Veja mais

Entre estrelas Michelin e um sanduíche de tripas: o prazer da boa comida em terras italianas pode ser algo muito simples

  Certa vez fiz uma viagem de sonhos pela Itália. Passei uns dez dias no Piemonte, na temporada…
Veja mais
Veja mais

Retrato de um Prato: carbonara, a sublime massa romana de guanciale, pecorino, ovos e pimenta

Eu cresci acreditando que a carbonara é uma massa vulgar, encontrada em qualquer restaurante ordinário, de preparo simples:…
Veja mais
Veja mais

Bacalhau de Páscoa: onde comer versões espanholas e italianas no Rio?

Ainda o bacalhau, parte 2 – os pratos da Espanha e da Itália. Pior é que fiquei com…
Veja mais
Veja mais

O Melhor do Rio: para a Páscoa, uma seleção com os lugares que são autoridade no assunto bacalhau e estão entregando

Ainda o bacalhau. Entre as muitas receitas de bacalhau que eu já provei, sejam as clássicas, sobretudo de…
Veja mais
Veja mais

Devotos do ovo matinal: começar o dia com beneditos, shakshuka ou rancheros é pura felicidade

Em casa, meu café da manhã é quase sempre leve, com maçã, iogurte caseiro com mel ou geleia,…
Veja mais
Veja mais

Agenda do fim de semana: Casa do Sardo serve dois menus especiais: um de javali e outro de robalo – só até domingo!

“ATENÇÃO!* Para o final de semana estamos com dois festivais: um selvagem e outro marinho, para quem está…
Veja mais
Veja mais

Retrato de um Prato: o tornedor à Rossini, monumento da gastronomia mundial (apenas prove a versão do Formidable)

Não se sabe se ele é criação de Carême ou de Escoffier, os dois grandes chefs franceses do…
Veja mais
Veja mais

Escrever em tempos de pandemia

Escrever é uma atividade muito louca.  Bipolar. Na verdade ela torna as pessoas que vivem do ofício bipolares.…
Veja mais