Vinho da Semana: Meloni Donna Jolanda Malvasia di Cagliari Biológico 2012

 

A Sardenha me deixou impressionado por muitas razões que já tratei aqui diversas vezes, mas sobretudo pela comida, a bebida, as paisagens, as pessoas e a rica História dessa ilha tão especial. Os vinhos são muito bons pelo que custam, e apresentam um incrível leque de estilos. De Vermentino leve, frescos, cítrico e perfumados aos brancos mais complexos, maduros e extraordinários, como os da linhagem Vernnacia di Oristano. Temos tintos mais leves, litorâneos, de vinhas mais jovens, com destaque para a uva Cannonau, até outros exemplares com esta uva, a exemplo dos rótulos produzidos com vinhas velhas, de até mais de 100 anos, nas montanhas sardas, tão rico “Território”.

O delicioso Meloni Donna Jolanda Nasco di Cagliari Biológico 2012 – Foto de Bruno Agostini

Um vinho que me marcou recentemente foi o lindo e delicioso Meloni Donna Jolanda Nasco di Cagliari Biológico 2011. Um vinho doce, onde predomina aroma de mel e de licor de ameixa japonesa, além de tostados e defumados, e de casca de cítricos amargos. Tem aromas finos de geleia de laranja e de flor de laranjeira. Vai ficar uma maravilha com a seadas, e também com quem quiser pedir um pecorino puro, no encerramento do cardápio que montei com o chef d’A Casa do Sardo, com quem tive o privilégio de passar 10 dias na Sardenha, no ano passado (mais detalhes neste link).

Um belo vinho, que lembra em alguns aspectos um (bom) Porto Tawny,  mas como se fosse menos alcoólico. Tem acidez brilhante, que dá alegria e firmeza ao vinho, um néctar.

Mais do que com doces, sugiro este vinho com queijos gordos e intensos como gorgonzola e pecorino. Talvez isso explique porque ele fica tão bem com as seadas,  já citadas, pastéis recheados de pecorino e regados com mel, provavelmente a sobremesa mais popular da Sardenha.

Untuoso, o vinho me remeteu a waffle com manteiga e mel, a doçura e o tostadinho, a gordura. O vinho tem textura sedosa, macia e escorregadia: desce com facilidade e fineza.

Também lembra a ginjinha, licor português de cereja. Sobretudo, tem límpido perfume de damasco, seco, fresco, e também de pêssegos em calda.

Delícia!

Custa R$ 90 (ou R$ 76 para membros do EnoClube) no site do Enoeventos.
https://lojaenoeventos.com.br/produto/Meloni-Donna-Jolanda-Malvasia-di-Cagliari-Biologico-500ml-2012

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *