O povo do Be+Co mandou avisar que vai rolar a festa: sábado o Lilia Café chega a Botafogo

Visão geral do espaço, em Botafogo – Foto de Bruno Agostini

Só posso dizer, depois de cinco visitas, ou seis, que o Be + Co, em Botafogo, é hoje um dos lugares mais legais da cidade, pela variada oferta de comidas – muito boas, por sinal – e um clima agradável. Preços justos. É o próprio resumo da cena gastronômica do bairro, o que reúne grande parte dos melhores bares e restaurantes do Rio hoje  – e onde toda semana parece brotar uma novidade diferente.

Quindim de maracujá do Lilia Café, que estreia no próximo sábado no Be+Co (foto feita no CCBB) – Foto de Bruno Agostini

Uma dessas boas novas é a chegada do Lilia Café, uma das grandes novidades do ano, no CCBB, como já escrevemos aqui,  ao Be+Co. Chegou ao bairro algo maravilhoso, instalado em simpática bicicleta, com vitrine de doçuras. A cozinha original e deliciosa dos chefs Lucio Vieira e Henrique Rossanelli (patissier) agora se junta a outros nomes de peso que ocupam o espaço: Thiago Berton, do Ají; Katia Hannekim, do Zatar; Monique Gabiatti, com a sua Cozinha, e a Curadoria. Para beber, cervejas e drinques, alguns vinhos: essa parte até dá pra melhorar, mas não faz falta assim, o que se tem é o bastante.

ATUALIZAÇÃO EM 21/08: Demos a notícia do Lilia, mas não sabíamos do William Barão, um dos grandes bartenders do Rio, que já foi tema de post aqui, craque da coquetelaria e da simpatia, assim como o jovem Renovato, tema da coluna De Bar em Bar de ontem.

Os shows acontecem no palco, acima do Tortin Bar – Foto de Bruno Agostini

No próximo sábado, dia 10, a partir do meio-dia, o Be+Co promete ficar animado, com a festa programada para marcar a chegada do Lilia Café. Vai ter burger na brasa, show do Digga Digga Duo e DJ Marcelinho da Lua.

Quarta tem promoção de Gim Tônica: dois a R$ 25 – Foto de Bruno Agostini

A programação, durante a semana, quando o espaço abre às às 17h, tem dias com promoções e pratos especiais. Terça tem Ostra Bar e na quarta tem happy hour de gim, com participação da Amázzoni, com dose dupla. Ou seja, dois coquetéis saem por R$ 25. Preço imbatível.

Os tiraditos do Ajì Marisquería, que fica logo à entrada – Foto de Bruno Agostini

Quinta é dia de Degusta Be+Co. Você paga R$ 65 e provar três pratos, e por R$ 85 você come nos quatro locais (serão cinco a partir de sábado). E na sexta geralmente tem DJ. Nos fins de semana, sempre rola música e pratos especiais, como as paellas dos domingos.

O corredor de acesso é onde ficam os boxes dos restaurantes – Foto de Bruno Agostini

Desde que abriu as portas, no final do ano passado, o Be+Co só melhora, e classificar o lugar de imperdível não é exagero.

No Ají domingo é dia de paella – Foto de Bruno Agostini

Logo à entrada o Ají é mais que uma casa nova que pega embalo na moda da cozinha peruana. A comida é de alto nível, desde os mais óbvios ceviches e tiraditos até um excelente bun de porco. Aos domingos o chef Thiago Berton, cujo currículo lista trabalho em casas como El Bulli e Mugaritz, na Espanha; D.O.M , em São Paulo; e Lasai, no Rio, prepara uma paella que vale a visita. É legal chegar cedo, pegar lugar no mesão que fica junto ao fogão onde é preparado o arroz e observar o preparo. Impossível não querer comer – repare no ponto de cada pescado, e se lambuze com os lagostins perfeitos. O cardápio regular é pan-americano, e também dá um passeio pelo México, com tacos muito bons, e pelo Havaí, com o pokes.

falafel com assinatura de Katia Hannekim, no Zatar – Foto de Bruno Agostini

Logo ao lado está o Zatar, de Katia Hannekim, que serve uma cozinha árabe com influências do Norte da África. Ela acerta em tudo. No kebab, no falafel, nas pastas como coalhada e hommus, nos molhos…

Sanduíche de pastrami da Curadoria (foto feita na matriz, no Vogue Square) – Foto de Bruno Agostini

Seguindo no corredor de entrada, que leva até ao terraço, no fundos, está a Curadoria, com seus pastramis, burgers, bolovos e outras comidas matadoras.

“Pulpo a la feria”: com batatas, páprica e alho – Foto de Bruno Agostini

Depois vem a Cozinha, de Monique Gabiatti, onde é servido um já famoso parmegiana, e um polvo grelhado “a la feria” igualmente célebre, além de falso acarajé, com massa de peixe, pão de queijo de tapioca, lobster roll e arroz cremoso de bacalhau – para ficar só em alguns dos pratos mais famosos da chef.

Lá no final está o Tortin Bar, de onde saem Gim Tônicas em profusão. Tem sempre um som bacana rolando, e um pessoal de perfil bem variado, com famílias, casais e grupos de amigos (na minha última visita tinha um pessoal todo arrumado, saídos ao que parece de um batizado, com carrinhos de bebê a tiracolo). Porque o Be+Co, além de um lugar delicioso, é também democrático.

SERVIÇO
Be+Co:  Rua da Matriz, 54, Botafogo. Página no facebook: https://www.facebook.com/becorio54/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *